search
 
     
_
skip to the main content area of this page
 
Exposições

Exposições recentes       


 
 

Reminiscências da Rota da Seda - Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste

2019/6/15 - 2019/10/6

Xia do Oeste foi fundado em 1038, a leste do Corredor Hexi, numa região atravessada pela Rota da Seda. No seu período áureo o território de Xia do Oeste cobria a área que actualmente corresponde à Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia, parte das províncias de Gansu e de Qinghai, à Região Autónoma da Mongólia Interior e da província de Shaanxi, e consta ter-se estendido a leste, até ao Rio Amarelo, a oeste, até à Passagem da Porta de Jade, a sul, até à Passagem Xiao e, a norte, até ao deserto de Gobi. Ao longo de 190 anos e sob o domínio de dez soberanos, Xia do Oeste, na sua fase inicial, formou uma coligação tripartida com os Song do Norte e Liao, sendo posteriormente confrontado pelos Song do Sul e o Grande Jin. O pó da história enterrou uma antiga civilzação. Foi apenas no século XX, quando ocorreu o reaparecimento de muitos documentos e relíquias, que se percebeu a verdadeira dimensão do saber do povo de Xia do Oeste.

Celebrando o 20.º aniversário do retorno de Macau à China, o Museu de Macau e o Museu da Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia, organizam conjuntamente “Reminiscências da Rota da Seda — Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste”. Esta exposição temática de relíquias de Xia do Oeste reúne alguns achados arqueológicos. Esta selecção de 148 itens, alguns dos quais mostrados pela primeira vez fora da Região Autónoma da Etnia Hui de Ningxia, oferece uma visão global da civilização Xia do Oeste. Entre o património cultural de Xia do Oeste conta-se a escrita e a impressão, os textos budistas e a estatuária, bem como peças em ouro, objectos de madeira e de cerâmica, e elementos arquitectónicos tais como telhas de beiral wadang e estátuas em pedra. Esta amostra de escrita, culto budista, artísticos e arquitectónicos de Xia do Oeste permite apreciar a especificidade e o esplendor de uma civilização. A cultura Xia do Oeste constitui uma parte importante da cultura da Rota da Seda pelo que o seu significado histórico exige um olhar atento e renovado. A exposição de preciosidades de Xia do Oeste permite aprofundar a compreensão do contexto histórico da Iniciativa Uma Faixa Uma Rota e leva-nos a explorar a sua relevância no desenvolvimento contemporâneo.

  • Local: 3.º piso do Museu de Macau
  • Horário: Terça-feira a Domingo, 10h00 às 18h00 (últimas admissões às 17h30)
  • Entrada: Entrada


 

“Reminiscências da Rota da Seda - Exposição de Relíquias Culturais da Dinastia Xia do Oeste” inaugura Sexta-feira no Museu de Macau

Para celebrar o 20.º aniversário da transferência da administração de Macau para ......

Exposição “O Tempo Memorável – As Indústrias do Artesanato Tradicional de Macau” patente em Banguecoque
2018/11/11-19

Por iniciativa conjunta do Instituto Cultural do Governo da RAE de Macau e do Ce ......

Exposição “Conjunto de Preciosidades – Exposição de Colecções em Comemoração do 20.º Aniversário do Museu de Macau” inaugura na Sexta-feira

A fim de comemorar o seu 20º aniversário, o Museu de Macau, sob a égide do Insti ......

Actividade de Atribuição de Prémios

Em celebração ao 20º Aniversário do Estabelecimento, o Museu de Macau lança uma ......

Museu de Macau inaugura “Tesouro do Mar Profundo – Exposição de Relíquias Arqueológicas Subaquáticas de Nanhai N.º 1”

A fim de assinalar o vigésimo aniversário do Museu de Macau (MM), sob a égide do ......